Como é a consulta de enfermagem?

** Texto escrito e revisado por Jéssica Ferreira, enfermeira de família na Cuidas.

É bem comum que, ao pensarmos em consultas, sempre pensemos em um médico. Porém, no contexto da Atenção Primária, a equipe de enfermagem tem um papel fundamental para a promoção à saúde e o cuidado integral e longitudinal de cada vida. Hoje vamos entender, um pouco mais a fundo, como funciona na prática a consulta de enfermagem.

Enfermagem e seu campo de atuação

Você provavelmente já escutou que a enfermagem é arte de cuidar. Porém, hoje podemos reconhecer que esta prática vai muito além do cuidado. A enfermagem é  uma ciência que consegue compreender o ser humano em suas dimensões biológicas, psicológicas, sociais e culturais. E foi evidente que este cuidado integral teve um impacto significativo em todo cenário de pandemia que estamos passando. 

Entre as habilidades que se destacam no campo de atuação da enfermagem, temos a realização da consulta de enfermagem. Uma prática estratégica, tecnológica e resolutiva, assegurada por lei, privativa do enfermeiro, e que oferece inúmeras vantagens na assistência prestada. Desta maneira, a promoção da saúde é facilitada, juntamente com o diagnóstico e o tratamento precoces, visando a prevenção de situações evitáveis.

Enfermagem e Atenção Primária

No contexto da Atenção Primária à Saúde (APS), o profissional de enfermagem tem grande importância como parte de uma equipe de saúde multiprofissional. Este apresenta potencial de resolutividade e capacidade de aumentar o acesso da população a cuidados de saúde de qualidade. 

A equipe de enfermagem atua promovendo um cuidado integral e humanizado, baseado em evidências científicas e pautado por teorias de saúde e pela implementação do processo de enfermagem, metodologia responsável por sistematizar o cuidado de enfermagem. 

Além disso, exerce um papel fundamental na coordenação do cuidado, através do vínculo e acompanhamento dos processos de vida dos indivíduos. 

Leia mais: Mecanismos de enfrentamento e saúde mental

Como é consulta de enfermagem

A consulta de enfermagem (CE) é uma das ferramentas utilizadas por estes profissionais para prática do cuidado, possibilitando a identificação de situações de saúde ou doenças. Nesse sentido, o planejamento e implementação de projetos terapêuticos singulares, que são elaborados conjuntamente com as vidas de forma personalizada, garantem o atendimento das necessidades particulares dos indivíduos. 

Os projetos terapêuticos singulares são planos de cuidado estabelecidos após a identificação dos pontos de melhoria da qualidade de vida e da saúde das pessoas, em que são traçados objetivos de saúde e caminhos para esses objetivos serem alcançados e quais profissionais estarão envolvidos neste processo. 

Durante os encontros constrói-se um espaço oportuno para o implemento das  ações  de  cuidado,  na  qual  o enfermeiro  tem  a  possibilidade  de  entender  as  demandas,  fazer  a  avaliação  das  condições  físicas  e psicoemocionais e conhecer mais profundamente o usuário e o seu contexto de vida, entendendo que o processo de adoecer tem origem multicausal. 

Através de processos relacionais e comunicacionais, desenvolve uma escuta ativa e empática, livre de julgamentos, promovendo o vínculo do indivíduo com o serviço de saúde, a confiança e a aceitação do outro. 

Como evitar o esgotamento profissional?

O enfermeiro é capaz de promover a melhoria da autopercepção e autocuidado dos indivíduos, facilitando o desenvolvimento das capacidades individuais para melhorar a sua qualidade de vida, através dos saberes da educação em saúde e intervenções de enfermagem. 

Na consulta, o enfermeiro entrega um cuidado de maior complexidade e tomada de decisão, sendo permitida também a prescrição de medicamentos aprovados por programas e protocolos governamentais/institucionais e transcrição de receitas de uso contínuo. 

equipe de enfermagem

A importância do profissional de enfermagem

Existem alguns obstáculos e muitas vezes falta de valorização do trabalho do profissional enfermeiro, pois reforçou-se por muitos anos na nossa sociedade a figura do profissional médico como personagem único na produção de cuidado e saúde. Sabe-se hoje que a multiprofissionalidade enriquece o cuidado com saberes e olhares diferenciados sobre o mesmo objeto. 

É necessário que seja reconhecido que médicos e enfermeiros desempenham diferentes papéis no processo de cuidar, ambos com extrema importância no acompanhamento de saúde. Tratam-se de diferentes saberes, que no cuidado, se interligam e complementam e jamais competem. 

O enfermeiro destaca-se não somente por portar conhecimento técnico e científico, mas também por ultrapassar os aspectos biológicos, estabelecendo relações do processo saúde e/ou doença ao contexto social. Enfermagem é o cuidar profissional. Elo próximo e humano das pessoas com o serviço de saúde.

Na Cuidas construímos uma cultura de crescente valorização deste profissional. Este é peça fundamental não só na prestação de cuidado às nossas vidas, mas também na construção de processos de trabalho, gestão e coordenação de projetos e pessoas. Sendo assim, consideramos a pluralidade de habilidades, competências e no grande potencial que estes profissionais têm em causar impacto na vida das pessoas.

Cuidas

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.