Benefícios Flexíveis e Saúde: tudo o que você precisa saber

Quando falamos em benefícios flexíveis, o que vem em sua mente? Se pensou em alimentação e mercado, está certo, porém uma categoria que vem crescendo cada vez mais, é a saúde. O tema tem aparecido ainda mais em voga, principalmente pela crise, causada pela Covid-19, que estamos vivendo. 

Antes de mais nada, é importante lembrar que saúde não é apenas saúde física, mas engloba também aspectos tanto mentais como financeiros. E não é à toa, que muitos RHs começaram a olhar para isso com mais cuidado, a partir do ano passado. 

Benefícios Flexíveis e Employee Experience

Muitas empresas estão começando a tomar ações mais específicas com a saúde dos seus colaboradores, e implementar benefícios flexíveis no conjunto de benefícios da empresa, é uma delas. 

Ao pensar em benefícios, sempre pensamos nas maneiras mais tradicionais, ou seja o Vale Transporte, Alimentação e Refeição. Porém, será mesmo que estas soluções agregam valor na jornada do colaborador? 

Um conceito bem difundido ao redor do mundo é o de Employee Experience, ou seja, a Experiência do Colaborador. O foco dele é aprimorar o ambiente organizacional para que as pessoas que fazem parte dele, cada vez mais, sejam capazes de ter as melhores experiências possíveis. De maneira prática, isso acarreta em vários benefícios, inclusive, na melhora da produtividade

Como ajudar meu time a combater o Burnout?

Ao fornecer ao colaborador, por meio de um benefício flexível, a possibilidade de escolha, a empresa já conseguiu gerar mais valor. Nos Estados Unidos, cerca de 70% do mercado é adepto aos benefícios flexíveis, enquanto no Brasil, a porcentagem fica bem aquém, em torno de 3%

Benefícios Flexíveis na prática

É importante lembrar que, hoje mais do que nunca, as pessoas têm tido necessidades diferentes. Então, não faz mais tanto sentido as empresas oferecerem o mesmo benefício para todos os colaboradores. 

Em outras palavras, em um ambiente de isolamento social, o que para você é prioridade, para outra pessoa pode não ser. A grande vantagem do colaborador ter um benefício flexível é poder usar esse recurso da maneira que mais lhe convém. Seja para fazer mercado, com cultura, gasolina, ou mesmo com artigos para melhorar a sua ergonomia no home office. 

A importância da saúde

Quando olhamos para o aspecto da saúde, percebemos que isso acarreta um grande custo para as empresas, principalmente com saúde suplementar (os planos de saúde). Com reajustes cada vez mais altos, podendo chegar até 40% ao ano, muitos RHs optaram pela redução dos planos, ou até mesmo, não oferecem mais. 

A Cuidas, por ser um serviço de assinatura focado em Atenção Primária, pode entrar nesse rol de benefícios flexíveis. Nesse sentido, conseguimos implementar de maneira ativa e personalizada, os cuidados necessários para a saúde dos colaboradores. 

Qual a importância em mapear o Perfil de Saúde da minha empresa?

Inclusive, a maioria dos casos de saúde podem ser resolvidos com a ajuda da Atenção Primária, que chega a um nível de 80% de resolutividade. Ou seja, não há necessidade de encaminhamento para o Pronto-Socorro, e dessa forma, as pessoas passam a usar cada vez menos os planos de saúde. 

Quer saber mais como os benefícios flexíveis podem ajudar a sua empresa a ser mais saudável?
Acompanhe o bate-papo que tivemos com o time da Vee em nosso canal do Youtube. 

Ficou alguma dúvida? Fale com a gente!

Mariana Pedrone

Mariana Pedrone é Analista de Conteúdo Sênior na Cuidas

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.